MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Uma tarde perfeita em Dubai
dez/12
21
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir

A palavra “recorde” combina com tudo em Dubai, a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, um país da Península Arábica, banhado pelo Golfo Pérsico. Alguns dos maiores arranha-céus do planeta estão ali, construídos sobre solo arenoso, no meio do deserto – inclusive o maior do mundo (até agora), o Burj Khalifa, com 828 metros de altura e 160 andares. Não faltam também shoppings impossíveis de conhecer em um só dia. Nem megaresorts com suas piscinas de borda infinita.

Megalomania é outro conceito que se vê por todo lado em Dubai. Por exemplo: o calor implacável que faz por ali, com sensação térmica, no verão, chegando a 48°C, não impediu a construção de um parque temático com uma estação de esqui – em temperatura ambiente abaixo de zero.

Dubai é ainda escala de muitos voos que seguem para Ásia, e um destino que satisfaz fãs de compras, tecnologia e arquitetura futurista. (Só não a confunda com Abu Dhabi, a capital dos Emirados, menos famosa, mas não menos superlativa – leia nosso post comparativo entre as duas, aqui:

Quer passar uma tarde perfeita por lá? Siga nosso roteiro.

14h – Compras, compras, compras

Uma tarde só é pouco, entre tantas vitrines de joias, tapetes, perfumes, grifes de luxo e eletrônicos. Mas dá pra ter um gostinho inicial elegendo, para o programa pós-almoço, um dos shoppings gigantes da cidade, como o Mall of the Emirates ou o Dubai Mall. O primeiro reúne lojas de mais de 500 marcas internacionais; o segundo tem 1200 lojas por onde passaram, só em 2011, 54 milhões de visitantes.

16h – Na neve ou na água

Se gastar (muito) não é a sua praia, tudo bem: nem é preciso sair do shopping para curtir outras atrações típicas de Dubai. Esquiar em pleno deserto, por exemplo, é uma experiência, para dizer o mínimo, curiosa. A estação de esqui local fica no Mall of Emirates. São cinco pistas (uma com desnível de 400 metros), colina para descer de trenó, elevadores para chegar ao topo da falsa montanha e temperatura ambiente de -1° C.

Já no Dubai Mall está o famoso aquário de três andares, que entrou para o livro dos recordes com suas 33 mil espécies de animais aquáticos. Os tubarões tigre-da-areia, por exemplo, ficam em tanques onde os visitantes podem mergulhar para – coragem! – ficar perto dos bichos.

17h30 – Entardecer no deserto

Qual é o melhor momento para estar no topo disso tudo? O pôr do sol, claro, para assistir de cima o colorir das areias do deserto, das fachadas dos prédios espelhados, das ilhas em forma de palmeira, como as Palm Islands. Para viver essa experiência, suba ao Burj Khalifa (acesso pelo Dubai Mall), o maior arranha-céu do mundo. O observatório At the Top está no 124º andar e a vista em 360° não encontra obstáculos. Antes de chegar ao topo, em geral, o visitante encontra apresentações interativas sobre a história do prédio e dos Emirados.

19h – Calçadão do Golfo

No começo da noite, faça um passeio pelo The Walk, o calçadão de 1,7 quilômetros à beira-mar, no Jumeirah Beach Residence – talvez, um dos únicos lugares em Dubai onde se pode caminhar com uma brisa aliviando o calor do deserto. Ali, de um lado estão cafés, restaurantes e barracas de suvenires; do outro, a praia. Quando cansar, siga para um happy hour animado no Barasti, um dos bares mais populares de Dubai, no Le Méridien Mina Seyahi Beach Resort & Marina. Para bebericar drinques e petiscar no melhor estilo pé na areia que os brasileiros já conhecem.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com