MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Uma manhã perfeita em Marrakech
fev/16
19
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir

Detalhe dos túmulos saadianos

Homens trajando as típicas gandoras (túnicas marroquinas) misturam-se a milhares de turistas. Palácios seculares escondem pousadas de charme, restaurantes de vanguarda e galerias de arte. Carroças disputam espaço com motos e scooters. Assim é Marrakech, a cidade erguida em tons de ocre onde o passado e o presente se entrelaçam num frenesi de cores, sons e aromas que embriagam os forasteiros. A seguir, as dicas para passar uma manhã perfeita na cidade:

9h – Café no olho do furacão

Encantador de serpentes na praça Jemaa El Fna

Viver Marrakech implica observar o vai e vem da praça Jemaa El Fna, o coração pulsante da cidade, em vários momentos do dia. Pela manhã, o lugar costuma estar mais tranquilo, e dá uma real ideia de sua dimensão (como é enorme!). Pouco a pouco, encantadores de serpentes, vendedores de frutas e turistas vão tomando conta do lugar. O Café de France tem uma das melhores vistas da praça, além de ser um lugar ideal para tomar um bom café ou um tradicional chá de hortelã antes de começar a explorar o destino.

10h – Túmulos saadianos

Apenas os muçulmanos têm direito ao acesso às mesquitas da cidade. Mas, atrás da Mesquita da Kasbah, com seu lindo minarete (torre) decorado com detalhes em azul-turquesa, esconde-se uma das grandes joias de Marrakech: um conjunto de mais de 60 sepulturas de membros da dinastia Saadi. Decorados por belíssimos adornos de madeira e mármore, eles datam do século 16 e só foram encontrados em 1917 (até então estavam bloqueados por outras construções).

11h30 – Banhos árabes

Deixar-se levar pelos vapores de um legítimo hammam é uma experiência que não pode faltar em uma visita a Marrakech. Um dos mais belos banhos árabes da cidade é o do hotel Royal Mansour, onde o ritual completo dura duas horas e inclui imersão no vapor, contrastes de temperatura, esfoliação e relaxamento sobre o mármore quente.

13h – Almoço engajado

Tajine com cuscuz, prato típico marroquino

Além de ser um belíssimo restaurante de comida típica marroquina “de mãe”, o Amal

é parte de uma associação que trabalha pelo empoderamento da mulher marroquina através de cursos profissionalizantes de cozinha, entre outras ações. O menu muda diariamente, de acordo com os produtos de temporada. O lugar também oferece cursos de culinária todas as manhãs (com exceção das sextas-feiras), nos quais os participantes aprendem a preparar receitas típicas como tajines, cuscuz etc.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com