MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Recife: bairro a bairro, o que você não pode perder
dez/17
22
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir
Vista aérea do Instituto Ricardo Brennand

Vista aérea do Instituto Ricardo Brennand

Quem programa uma viagem para a movimentada capital pernambucana pela primeira vez precisa fazer, antes de embarcar, uma lição de casa. A lista de atrações de Recife é tão ampla que, sem um plano adequado para o dia a dia, muitos tesouros podem ficar sem a sua visita. A melhor solução: divida a sua agenda por regiões, como detalhamos nesse post. E, em cada uma delas, priorize o que o lugar tem de melhor. Ver tudo é praticamente impossível – mesmo que você fique um mês na cidade! E ainda tem as esticadas até Olinda, Porto de Galinhas… Veja, abaixo, o que você não pode deixar de fazer em Recife.

Experimentar o bolo de rolo, em Boa Viagem

Bolo de rolo: uma das delícias de Recife

Bolo de rolo: uma das delícias de Recife

O chamado bolo de rolo, que mais se parece com um rocambole, é o mais famoso quitute pernambucano. Preparado com finíssimas camadas de massa, ele tem como recheio tradicional a goiabada, mas também pode levar doce de leite, chocolate e até maracujá. A Casa dos Frios (Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 1920), em Boa Viagem, faz a mesma receita há mais de 40 anos.

Conhecer o Museu Cais do Sertão, no Recife Antigo

O riquíssimo interior da Capela Dourada

O riquíssimo interior da Capela Dourada

Em 2014, um antigo armazém do porto transformou-se no Museu Cais do Sertão. A cultura sertaneja é transmitida aos visitantes de maneira lúdica e interativa – monitores orientam o passeio. Luiz Gonzaga, o mais famoso representante dessa cultura no país, tem um espaço exclusivo.

Visitar a Capela Dourada, em Santo Antônio

O passado colonial de Recife deixou como herança muitas igrejas. Mas nenhuma delas se compara à espetacular Capela Dourada, construída em 1697, a melhor atração de Santo Antônio. A profusão de pinturas sacras e as paredes forradas de ouro impressionam – no mesmo complexo você conhece também a Igreja de São Francisco, de 1804, a igreja de Santo Antônio, de 1606, e um museu de arte sacra.

Explorar os museus dos primos Brennand, na Várzea

A região central reúne as principais atrações históricas de Recife; e Boa Viagem tem a melhor praia. Mesmo assim, vale deixar esse clássico circuito de lado e percorrer os 15 km até a Várzea, para visitar o Instituto Ricardo Brennand e a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand. O primeiro tem um lindo jardim de esculturas, uma excelente pinacoteca, com obras de Frans Post, Debret e Taunay, e o castelo São João, que expõe uma imensa coleção de armas medievais. Na Oficina, os jardins projetados por Burle Marx fazem companhia a um museu de esculturas e ao ateliê do artista, que vende azulejos com sua assinatura.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com