MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Provence ou Toscana?
dez/14
19
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir

Campo de lavanda no Plateau de Valensole, na Provence

Vilarejos medievais encarapitados em colinas cercadas de vinhedos, campos de girassóis e ciprestes: essa descrição cabe tanto para a região da Provence, no sul da França, como para a Toscana, no coração da Itália. A roça francesa caiu nas graças do escritor britânico Peter Mayle, cujo best-seller Um Bom Ano foi adaptado para uma produção homônima de Hollywood. O mesmo aconteceu com Sob o Sol da Toscana, da escritora americana Frances Mayes. A suave luz provençal inspirou pintores como Cézanne, Renoir, Picasso e Van Gogh. Já a Toscana é o berço do Renascimento, período em que artistas como Botticelli e Michelangelo produziram algumas das obras mais admiradas de todos os tempos. Está em dúvida sobre qual desses pedacinhos charmosos do interior da Europa combina com você?  Damos algumas pistas a seguir.

 

As principais cidades

A porta de entrada da Provence é Marselha, uma metrópole cosmopolita à beira do Mediterrâneo, cercada de belas praias. Mas a Provence “ao pé da letra” é mais evidente em Aix-en-Provence, a segunda maior cidade da região. Animada por uma numerosa comunidade de estudantes que frequentam sua universidade, Aix é um festival de becos, boulevares e praças charmosas enfeitadas com fontes e plátanos. Procurando pela letra C dourada estampada em fachadas e calçadas, é possível seguir os passos de Cézanne visitando os lugares mais significativos para o pintor que nasceu e viveu em Aix. Seu último atelier continua do jeitinho que ele deixou, transformado em museu .

Na Toscana, o primeiro passo é sempre uma imersão em Florença, a magnífica capital do Renascimento, que tem dois dos museus mais imperdíveis da Itália – a Galleria degli Uffizi  e a Galleria della Accademia . Além de igrejas que abrigam obras de arte de primeira grandeza. Também é um sacrilégio ir à Toscana e não visitar Siena, famosa por seu Duomo (catedral) e por ter uma das praças mais singulares do país. Ovalada, a Piazza del Campo sede espaço, em julho e agosto, ao lendário Palio, uma corrida de cavalos à moda antiga que faz a alegria dos moradores da cidade (e dos turistas, é claro).

 

Os mais lindos vilarejos

Ainda que Aix, Florença e Siena sejam cidades arrasadoras, é nos pequenos vilarejos medievais que reside o charme rural tão característico da Provence e da Toscana.

Na Provence, a região mais emblemática para visitar cidadezinhas paradas no tempo é o Luberon, onde estão pequenas joias como Gordes, Ménerbes, Lourmarin e Bonnieux.

Já na Toscana, os povoados charmosos estão pulverizados por todo o território, e a lista do que vale muito a pena visitar é grande. Mas nomes como San Gimignano, Cortona, Montepulciano, Montalcino, Lucca e Volterra estão entre os maiores hits.

Paisagem clássica da Toscana, com suas colinas e ciprestes

A paisagem da Provence é um pouco mais árida do que a da Toscana, com montanhas rochosas que enfeitam o caminho. Vinhedos, campos de girassol e de trigo ganham um colorido especial no auge do verão, em julho, quando as plantações de lavanda se tingem de lilás com a floração, formando uma das paisagens mais emblemáticas da região. O melhor lugar para ver campos de lavanda é o Plateau de Valensole, a cerca de 40 minutos do Luberon.

 

A imagem mais típica da Toscana é uma sequência de colinas suaves pontilhadas de sua árvore mais icônica: o cipreste. Você também verá muitos campos de girassóis e vinhedos a perder de vista.

 

Gastronomia

A Provence produz alguns dos melhores vinhos rosés do planeta, sob a denominação de origem Côtes de Provence, entre outras. Eles são vinhos extremamente versáteis, ótimos para acompanhar receitas típicas à base de peixes e frutos do mar. Mas a meca do enoturismo na região é Châteauneuf-du-Pape, famosíssima pelo tinto produzido em seus arredores.

Florença: porta de entrada da Toscana

Na Toscana, o prato mais famoso é a bistecca alla fiorentina, um corte de carne esplêndido de uma raça de gado criada na região. Bons vinhos para acompanhar não faltam. Da Toscana saem alguns dos mais célebres tintos italianos, elaborados na região de Chianti. Em Montalcino ainda se produz o excelente (e caro) vinho brunello.

 

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress
2 respostas a Provence ou Toscana?
  1. Margarida Tavityan disse:

    Gostaria muito de conhecer Toscana

  2. Margarida Tavityan disse:

    Gostaria muito de conhecer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com