MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
O melhor de Lyon, na França
out/17
18
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir
Vista de Lyon a partir da Basílica de Notre Dame, na colina Fourvière

Vista de Lyon a partir da Basílica de Notre Dame, na colina Fourvière

Lyon tem mais de dois mil anos. E guarda muitas marcas de seu rico passado, principalmente na arquitetura típica do Renascimento. Foi nessa época que sua força econômica surgiu – as Feiras de Lyon colocaram a cidade no mapa do comércio europeu e foram determinantes para o crescimento do lugar, que se tornou a terceira maior cidade da França (perde para Paris e Marselha). O comércio de seda, a partir do século 18, deu à cidade o título de “capital mundial do tecido” – daí a grande quantidade de ateliês, inclusive de grifes badaladas. Aos pés dos Alpes e emoldurado pelos rios Saône e Rhône, o destino fica a cerca de 400 quilômetros de Paris – ligação feita apenas em duas horas por ótimos trens de alta velocidade. Veja, a seguir, o que você não pode perder na cidade:

A velha Lyon

O “centro histórico” de Lyon, ou Vieux Lyon, é sua parte mais turística. Passear pelos bairros Saint-Jean, Saint Georges e Saint-Paul, que formam a região, é uma deliciosa viagem no tempo. São lugares para explorar sem pressa, para admirar a arquitetura renascentista tombada como Patrimônio Mundial pela Unesco. Pelos caminhos há ruas de pedra, construções medievais e os famosos traboules – passagens estreitas e “secretas” que atravessam casas e prédios para ligar umas ruas às outras. Há mais de 500 dessas vielas, que eram utilizadas por moradores que fugiam da polícia alemã durante a Segunda Guerra Mundial. Duas atrações imperdíveis: o funicular que leva ao distrito de Fourvière, para conhecer a deslumbrante Basílica de Notre Dame, um antigo teatro romano e curtir a linda vista da cidade; e a catedral de Saint-Jean, de estilo gótico, construída a partir do século 12.

La Croix Rousse

Da “colina que reza”, Fourvière, à “colina que trabalha”, Croix Rousse, como é conhecido o bairro que abriga a maioria dos ateliês da cidade – o lugar simboliza perfeitamente a Lyon do século 19, referência mundial na produção de seda. É o pedaço cool e boêmio da cidade, cheio de bares e lojinhas descoladas.

Os museus

Museu das Confluências: arquitetura espetacular

Museu das Confluências: arquitetura espetacular

Lyon é a terra dos irmãos Lumière, os “inventores” do cinema. Na antiga mansão da família, o Museu Lumière expõe os equipamentos originais usados por Auguste e Louis, no final do século 19, para registrar e projetar imagens em movimento. Também imperdível, o Museu das Confluências tem arquitetura futurista e extenso acervo que aborda as áreas da paleontologia, mineralogia, zoologia, entomologia e etnografia. O Museu de Arte Contemporânea, o maior desse tipo do país, recebe a famosa bienal de artes de Lyon. Há ótimas exposições temporárias e obras de artistas badalados, como Andy Warhol.

A gastronomia

L’Auberge du Pont de Collonges, do chef Paul Bocuse: sabores inesquecíveis

L’Auberge du Pont de Collonges, do chef Paul Bocuse: sabores inesquecíveis

Em Lyon, a “capital da gastronomia” francesa, fica nada menos que o restaurante do badalado chef Paul Bocuse, L’Auberge du Pont de Collonges, três estrelas no Guia Michelin. Comer ali é uma experiência inesquecível, mas também dá para ser feliz experimentando a cozinha dos tradicionais (e simples) bistrôs, os bouchons. Falando em tradição, vale conhecer também a Brasserie Georges, cervejaria inaugurada em 1836.

As compras

Feiras ao ar livre, butiques de luxo, mercados… Lyon é uma tentação para quem quer fazer compras. Se você curte gastronomia, duas paradas são imperdíveis: a Cap Epices, fantástica loja de especiarias, e o mercado Les Hales-Paul Bocuse, que tem delícias para degustar ali mesmo ou levar pra casa. Lyon também tem a Galerias Lafayette, que vende roupas, acessórios e cosméticos, entre outros itens, e a Carré d’Or, que reúne marcas de luxo.

A Festa das Luzes

Em dezembro, durante três noites, Lyon se ilumina para receber turistas do mundo inteiro. Prédios, praças, parques e ruas da cidade recebem instalações inusitadas – a ideia é surpreender sempre, criando uma atmosfera mágica, encantadora. Concorridíssima, a festa tem organização invejável: há três circuitos sinalizados, para que os visitantes possam percorrer um por noite – e não perder nada!

Clique aqui para saber mais sobre Lyon e os melhores destinos e regiões da França

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com