MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
O melhor de Cassis, no Sul da França
fev/18
09
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir
O Port Vieux de Cassis

O Port Vieux de Cassis

A apenas 30 quilômetros do frenesi de Marselha, Cassis é, para muitos, o vilarejo litorâneo mais charmoso da Provence. Aos pés da maior falésia da Europa e cercada por vinhedos, a cidadezinha também é a porta de entrada para o Parc National des Calanques, que se estende até Marselha entrecortado por algumas das praias mais bonitas do Sul da França. A seguir, os melhores passeios por lá:

Vieux Port

O “porto velho” de Cassis é pura poesia, com seus casarões de fachadas em tons pastéis e janelas pintadas de cores fortes. A despeito dos vários restaurantes, das lojinhas e dos milhares de turistas, antigos barcos de pescadores ainda atracam (e descarregam suas mercadorias) por ali, conferindo autenticidade ao cenário. Com pedrinhas miúdas (uma “quase” areia), a praia do centrinho é ideal para um refresco e revela belíssimas vistas de Cap Canaille, a grande falésia que emoldura a cidade.

Calanques

Caminhada pelo Parc National des Calanques

Caminhada pelo Parc National des Calanques

No verão, todos os caminhos levam ao Parc National des Calanques. Em uma área de 8.500 hectares terrestres e 43.500 hectares marinhos, o parque guarda as calanques (pequenas enseadas cercadas por paredões calcários) mais belas da França. Para quem tem pouco tempo (ou muita preguiça), é possível fazer os passeios de barco que partem de Cassis e Marselha – neste caso, não é possível nadar e nem pisar em terra firme. Mas a melhor forma de curtir é estacionar nas proximidades da entrada do parque e seguir a pé. A primeira parada é na Calanque de Port-Miou, ao fundo de um estreito braço de mar, onde vale apreciar o visual de cima. Mais adiante, após vencer uma encosta íngreme de pedras escorregadias, chega-se à Calanque de Port Pin, ideal para um mergulho (ainda que fique muito cheia no verão). A terceira etapa da caminhada é a mais longa (45 minutos) e difícil. Mas vale a pena: no final do caminho está a Calanque d’En Vau, o ponto alto do passeio. Atenção: vá de calçados apropriados para caminhadas em pedras (fazer o trajeto de chinelos não é uma boa ideia) e leve água e comida, já que não há onde comprar dentro do parque.

Cap Canaille

A Calanque d’En Vau vista do mar

A Calanque d’En Vau vista do mar

Se você tem fôlego e pernas para chegar até a Calanque d’En Vau, também pode encarar a linda caminhada pela Route des Crêtes até o Cap Canaille, subindo um paredão de 399 metros que avança sobre o Mediterrâneo. A subida demora cerca de três horas e revela mirantes espetaculares. Também é possível fazer o percurso de carro, parando em alguns mirantes.

Saiba mais sobre os melhores destinos da França clicando aqui

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com