MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Moscou ou São Petersburgo?
mai/17
03
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir
A igreja do Sangue Derramado, em São Petersburgo

A igreja do Sangue Derramado, em São Petersburgo

A pouco mais de um ano de receber a Copa do Mundo FIFA 2018, a Rússia promete dar o que falar nos próximos meses. Desde que Sóchi, ao sul, recebeu as Olimpíadas de Inverno de 2014, os principais destinos do país se tornaram um pouco mais receptivos aos turistas estrangeiros, instalando letreiros em inglês e pontos de informação. O movimento deve tomar força com a proximidade do megaevento – principalmente em Moscou e São Petersburgo, as joias da coroa do turismo (e do orgulho) russo. Descubra qual delas combina mais com você:

O jeito da cidade

A porta da entrada para o maior país do mundo é a megalópole Moscou. Com 12 milhões de habitantes, a capital russa reflete a exuberância e a mania de grandeza da nação, repleta de monumentos opulentos, muito ouro, avenidas largas onde enfileiram-se lojas de luxo e estações de metrô que parecem obras de arte.

E se Moscou é o centro político e econômico do país, São Petersburgo é a sua vertente mais artística, intelectual e elegante. Hoje com cinco milhões de habitantes, a antiga Petrogrado – e, posteriormente, Leningrado – foi fundada e embelezada no século 18 pelo czar Pedro, o Grande, à semelhança de Paris, de onde a aristocracia de então também importou valores iluministas e um comportamento altamente “mente aberta” para os padrões da época, quando a cidade foi a capital do Império Russo.

Cartões-postais

As cúpulas de São Basílio, na Praça Vermelha

As cúpulas de São Basílio, na Praça Vermelha

A imagem mais icônica da Rússia é a gigantesca Praça Vermelha, onde “nascem” as principais avenidas de Moscou. Palco de vastas demonstrações de poder militar desde os tempos da União Soviética, concentra as principais atrações da cidade, como o Museu Histórico Nacional e a magnífica catedral ortodoxa de São Basílio, com suas cúpulas multicoloridas. Da praça também se vê o todo-poderoso Kremlin, antiga cidadela murada de onde despacha o presidente Vladimir Putin. O complexo, que pode ser visitado (e é o principal atributo turístico da cidade) inclui a Armeria (que guarda os tesouros dos czares), a praça das catedrais, jardins e monumentos.

Hermitage, a grande atração de São Petersburgo

Hermitage, a grande atração de São Petersburgo

Com suas ilhas interconectadas por pontes, São Petersburgo é uma delícia para conhecer a pé. Sua igreja mais bonita, que faz frente à catedral de São Basílio de Moscou, é a do Sangue Derramado, erguida no lugar em que o czar Alexandre II foi assassinado. Mas a atração número um da cidade é, sem dúvida, o Hermitage, um dos maiores museus de arte do mundo, às margens do rio Neva. Repartido em dez edifícios, o complexo abriga o Palácio de Inverno, antiga residência dos czares. Entre os principais cartões-postais estão também o Forte de São Pedro e São Paulo e o Palácio de Caterina, a resposta russa a Versalhes.

O lado moderno

A face mais atual de Moscou tem como vitrine o Garage, um centro cultural que recebe exposições de arte contemporânea e eventos badalados. Outro a ter em conta é o Moscow Design Museum, que reúne o melhor do design e da arte contemporânea do país.

Em São Petersburgo, os modernos rondam o Taiga, que reúne livrarias, estúdios de design e o espaço de arte multifuncional Loft Project ETAGI.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com