MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Brasilturis
  • Diario do Turismo
  • Mercado e Eventos
  • Panrotas
  • Revista Travel 3
  • Outros
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir
Entidades opinam sobre fusão entre Flytour e Gapnet

Na última terça-feira (15/12), a Flytour e a Gapnet anunciaram a fusão total de ambas as empresas e a criação da holding Innovation Travel Brasil. A ação, que promete revolucionar o segmento turístico no Brasil, foi apontada como uma grande tendência do mercado global e chamou atenção do trade. A fim de entender o impacto da fusão no setor, MERCADO & EVENTOS ouviu entidades do Turismo e perguntou a opinião de especialistas.

Confira abaixo:

Magda Nassar, presidente da Braztoa- “Eu acho que para os operadores, a fusão não muda muito, uma vez que ambas as empresas continuam agindo de forma independente. Mas acredito que seja um grande movimento no mercado. A tendência é que aconteça cada vez mais fusões. Um ação como esta só mostra que as duas são grandes empresas, e que agora, passam a ter um poder de comprar e distribuição maior, mais ‘parrudo’. Quanto mais empresas tivermos no Brasil, melhor mostramos a força do turismo. Outro fator positivo é que a fusão vem para auxiliar as empresas menores, que trabalham com nichos específicos por exemplo. Com um poder de compra melhor por parte da Flytour e da Gapnet, a expectativa é que surjam novos produtos, mais diversificados. O atendimento a estes profissionais também será mais personalizado.

Entre outras vantagens, a fusão cria uma competitividade maior entre empresas deste porte. Agora, eles vão incomodar muito mais as grandes empresas. Abrindo oportunidades e caminhos, mostrando que vale a pena investir em fusões, que ests são positivas. A vantagem de um fusão como esta é que incentiva as empresas menores a se unirem, tornando-se players com mais peso. Essa é uma atitude saudável para o mercado”.

Cássio Oliveira, da AirTkt – “Vejo a fusão do Grupo Flytour com a Gapnet como uma tendência natural do mercado, assim como ocorre nas companhias aéreas e entre grupos do mesmo segmento que eles, como o caso da CVC com a Rextur Advance. Particularmente eu gosto e acredito no sucesso dessa junção, já que o cliente e os agentes podem ser beneficiados. No caso dos agentes, creio que haverá mais tempo, foco e uma maior equipe para desenvolver soluções como sistemas, aplicativos mobile, processo de reembolso e novas ferramentas”.

Edmar Bull, presidente da Abav – “Para mim, a união das empresas é um tendência do mercado global. Acredito que em 2016 ocorrerão muitas fusões em diversas áreas incluindo o turismo. O mais evidente desta nova fase é a melhora da produtividade e otimização dos recursos. Para os agentes, ela será benéfica pois haverá uma melhora no atendimento e  aprimoramento das tecnologias usadas”.

Fonte: Mercado & Eventos

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com