MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Destino x destino: Lua de mel nas ilhas Maurício ou nas ilhas Seychelles?
set/13
09
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir

É uma doce dúvida: em que ilhas paradisíacas passar os dias mais felizes da vida? Isoladas dos problemas do resto do mundo em meio à imensidão do Oceano Índico, as ilhas Maurício e Seychelles têm em comum praias de areias branquinha adornadas por palmeiras e hotéis exclusivos. Mas, banhadas pelas mesmas águas azuis e cristalinas, os dois arquipélagos também têm as suas particularidades.
A 2 mil quilômetros da costa da África, as Ilhas Maurício têm uma pitoresca capital à beira mar, Port-Louis (na ilha principal, que empresta o nome ao país). São 330 quilômetros de litoral, com dez praias irretocáveis. Os primeiros colonizadores foram os portugueses, depois vieram holandeses, franceses e ingleses. Mais recentemente, o arquipélago recebeu imigrantes indianos, chineses e africanos. A mistura de culturas é traduzida em templos hinduístas, mesquitas e igrejas das mais variadas e também na diversidade de sabores à mesa. O país não tem língua oficial, mas os idiomas falados são inglês, francês e uma versão do dialeto creole.

A 2 300 quilômetros da costa da Tanzânia, o arquipélago das Seychelles é formado por 115 ilhas. A capital, Victoria, fica na Ilha de Mahé, a mais populosa do país. Colonizada por franceses e britânicos, Seychelles também recebeu muitos imigrantes africanos, indianos, chineses e europeus. As línguas oficiais são o francês e o inglês e também se fala o dialeto creole seychellois. Isolada e exclusiva, La Digue é uma das ilhas mais bonitas e famosas. Mas muitos viajantes também escolhem como base a vizinha Praslim e a própria Mahé.

Descubra qual dos dois arquipélagos é o mais indicado para a sua lua de mel:

 


Atividades

Além do dolce far niente, em ambos os arquipélagos as atividades principais são caminhar na praia e dourar ao sol, além de aproveitar a infraestrutura do hotel. Cercadas de bancos de corais, as Ilhas Maurício e Seychelles também são excelentes para o mergulho – tanto com cilindro quanto com snorkel –, por causa da variedade de espécies marinhas e da boa visibilidade que as águas cristalinas proporcionam. Fazer um batismo ou até mesmo um curso a dois é um programaço para casais em lua de mel.

Outro trunfo de ambos os países são os cassinos. No entanto, nas Ilhas Maurício, além das mesas de jogos e máquinas caça-níqueis, as apostas continuam em corridas de cavalos de reputação internacional – veja a programação no site do Mauritius Turf Club. Outra atração exclusiva do arquipélago é o jardim botânico, localizado nos arredores de Port Louis, um dos mais antigos do mundo. Fundado em 1770 e batizado com o complicado nome de Sir Seewoosagur Ramgoolam Botanical Garden, ele ocupa uma área de 37 hectares. Entre suas alamedas arborizadas, o parque tem mais de 85 tipos de palmeiras e uma vasta lagoa coberta por vitórias-régias.

 

Gastronomia

O caldeirão cultural que configura as Ilhas Maurício se faz notar na gastronomia. Seus habitantes estão familiarizados com as cozinhas francesa, indiana e chinesa – e não é raro que pratos dessas origens tão distintas estejam no cardápio de um mesmo restaurante. Clássicos franceses, como o coq au vin, ou receitas emblemáticas indianas (vários tipos de curry, por exemplo), além de noodles chineses são presenças frequentes, condimentados com especiarias que alegram o paladar: canela, cardamomo, coentro, açafrão…

Também influenciada por diversas culturas gastronômicas distintas, a cozinha das Ilhas Seychelles se faz de receitas indianas, africanas, europeias e chinesas. No entanto, é possível dizer que a verdadeira personalidade da culinária local se traduz em  ingredientes como o leite de coco, o gengibre, o curry e pimentas variadas, onipresentes em pratos onde predominam peixes, caranguejos e frutos do mar.

 

Hospedagem

Em ambos os arquipélagos, os hotéis costumam ser auto-suficientes, com spas (alguns de grife), piscina, restaurante e uma infraestrutura completa de lazer. Celebridades como Michael Douglas e Sharon Stone já pisaram as areias brancas das Ilhas Maurício, que têm uma boa seleção de hotéis de luxo. No entanto, o arquipélago é mais democrático do que as Ilhas Seychelles, e tem opções de hospedagem para orçamentos menos robustos.

Já as Seychelles são célebres por suas “ilhas de um hotel só” – quase sempre de extremo luxo. Não à toa, o lugar foi o escolhido para a lua de mel do príncipe William com Kate Middleton, além de outras celebridades ávidas por privacidade.

 

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com