Blog - MMTGapnet - Château La Coste, na Provence
MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Château La Coste, na Provence
fev/18
02
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir
Château La Coste, arte e arquitetura no Sul da França

Château La Coste, arte e arquitetura no Sul da França

Viajar pela Provence é percorrer vilarejos medievais, campos de lavanda e colinas cobertas de girassóis – sempre com longas pausas para comer, beber e flanar. Mas vale tirar um dia para fazer um programa diferente. A 15 quilômetros de Aix-en-Provence, uma das bases estratégicas para explorar o Sul da França, o Château La Coste é um grande museu de arte e arquitetura a céu aberto. O modelo é parecido ao do Instituto Inhotim, em Minas Gerais. Mas, ao invés de cercadas por jardins tropicais, as obras estão pulverizadas em uma propriedade de 200 hectares repleta de vinhedos. Entre elas, há edifícios de quatro arquitetos vencedores do Prêmio Pritzker, o mais importante da categoria: Frank Gehry, Renzo Piano, Tadao Ando e Jean Nouvel. De quebra, o lugar tem um hotel de luxo, restaurantes, loja e uma vinícola. Saiba o que fazer por lá:

Arte e arquitetura

A comissão de frente do Château La Coste é o pavilhão farto em transparências projetado pelo arquiteto japonês Tadao Ando (que tem várias obras espalhadas pela propriedade). Ali está a bilheteria, dentro de uma loja incrível de livros de arte e souvenires. Ao comprar o ingresso, você receberá um mapa e algumas explicações. Depois, é só seguir a trilha de 3 km em meio a bosques e vinhedos. Pelo caminho você topará com 20 pavilhões, esculturas e instalações de grandes nomes da arte contemporânea. Um dos edifícios, projetado para apresentações musicais, leva a assinatura do canadense Frank O. Gehry (o mesmo do Disney Concert Hall de Los Angeles). Entre as obras de arte mais impactantes estão a grande aranha de Louise Bourgeois, o sino de meditação de Paul Matisse e os Piscopompos (estruturas gigantescas de concreto, ferro e vidro) do brasileiro Tunga.

Exposições temporárias

A aranha do artista Louise Bourgeois

A aranha do artista Louise Bourgeois

No meio do circuito, o novo edifício concebido pelo italiano Renzo Piano está instalado na fenda de uma colina, totalmente camuflado na paisagem. O espaço, repleto de luz natural, recebe exposições temporárias de arte e fotografia que mudam a cada dois ou três meses. Cheque a programação no site.

Vinhos

Um dos vinhedos do Château

Um dos vinhedos do Château

Os vinhedos do Château La Coste não são apenas enfeite. Em um edifício repartido entre dois tubos metálicos, projetados pelo arquiteto francês Jean Nouvel, funciona a vinícola. Ali são elaborados doze tipos de vinhos, entre rosés (a marca registrada da Provence), brancos, tintos e espumantes. Dá para conhecer as instalações da produção em um passeio guiado, ou então ir direto ao que interessa: provar as pratas da casa em uma loja com espaço de degustação.

Boa mesa

A joia da coroa é o restaurante do chef argentino Francis Mallmann, um mago das receitas preparadas à brasa. Para uma comidinha mais rápida, a melhor pedida é o La Terrasse, com mesas ao ar livre à sombra de parreiras. Dentro do pavilhão principal, um bistrô serve pratos de temporada concebidos com os ingredientes da horta orgânica da propriedade.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com