MMTGapnet
Europa África do Sul América do Norte América Central & Caribe América do Sul Nacional
Acompanhe:
Categorias
  • Destino x Destino
  • Dvida do Viajante
  • Raio x dos Passeios
  • Roteiro Perfeito em
  • Dicas de Concierge
Boulevard Olímpico
mar/17
20
Compartilhe
  • Enviar para um Amigo
  • Imprimir

O gigantesco mural Etnias, do artista Eduardo Kobra

Recauchutada para os Jogos Olímpicos de 2016, a zona portuária do Rio de Janeiro adicionou atrações de peso ao circuito turístico da cidade, que na região já contava com atrações clássicas como a igreja da Candelária e o Mosteiro de São Bento. Ainda que cada trecho tenha um nome oficial, o calçadão à beira-mar de cerca de 3,5 quilômetros acabou sendo batizado informalmente de Boulevard Olímpico, nome emprestado do evento que agitou a área durante os jogos. Incluindo os museus e os (vários) centros culturais da região no programa, é possível passar vários dias entretido por ali. Mas, deixando essas atrações “densas” para um outro dia, dá para percorrer o Boulevard Olímpico em uma tarde perfeita, fazendo um apanhado das novidades:

12h – Mural Etnias
O jeito mais fácil de chegar à zona portuária, para quem está na Zona Sul, é pegar o metrô, conectar com o VLT e descer na estação Parada dos Navios, bem pertinho da primeira atração da rota, o coloridíssimo Mural Etnias. Um hit no Instagram durante os Jogos Olímpicos, esta gigantesca obra do grafiteiro Eduardo Kobra (que consta no Guiness Book como o maior painel de street art do mundo) retrata os primeiros habitantes de cada continente de forma grandiosa.

13h – AquaRio
Tinindo de novo, o maior aquário marinho da América do Sul ocupa uma área de 26 mil metros quadrados e mantém cerca de oito mil animais de 350 espécies nadando em 4,5 milhões de litros d’água. Ufa! Seu tanque mais impressionante, de 3,5 milhões de litros, tem mais de sete metros de altura e é atravessado por um túnel transparente, para que os visitantes fiquem cara a cara com tubarões, arraias e centenas de peixes coloridos. Ainda tem um aquário marinho virtual interativo e um museu de ciências focado na biologia marinha. Para evitar filas (principalmente nos finais de semana), compre as entradas com hora marcada pela internet.

15h – Píer Mauá
Faça uma boquinha em um dos food trucks instalados perto do bonito edifício do Touring Club (se preferir algo mais formal, há vários restaurantes espalhados pelo trajeto). Já na Praça Mauá, aproveite para tirar uma bela foto do Museu do Amanhã e do letreiro Rio Te Amo. Fazendo um pequeno desvio, a essa altura, dá para incluir o Mosteiro de São Bento na rota.

17h – Orla do Conde e Pira Olímpica
Passando o Museu do Amanhã, tem início um bonito deque de madeira que segue rente ao mar, revelando alguns dos melhores ângulos do museu projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava. Seguindo por mais alguns minutos, chega-se à Igreja da Candelária, diante da qual está instalada a magnífica escultura cinética da Pira Olímpica, assinada pelo artista americano Anthony Howe.

Consulte seu agente de viagens e peça pelos pacotes da MMTGapnet.
Comentários Facebook
Comentários Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com